Jantares Especiais: Restaurante Gourmeco em Tiradentes

Jantares Especiais: Restaurante Gourmeco em Tiradentes

Com influências na gastronomia italiana, o Gourmeco é comandado pela chef Juliana Ferreira que, no Jantar Especial (Festim) desse ano, vai receber o chef Ivo Faria, de Belo Horizonte, para cozinharem a quatro mãos, no dia 27 de agosto, sábado.

MENU

Couvert

Pão de longa fermentação de milho e erva doce, manteiga batida com queijo Minas, mel de aroeira e alho negro.

Entrada

Salada de jiló das Gerais e sorbet de mexerica com gengibre.

Primeiro prato

Tortelli de feijão, caviar de quiabo trufado no brodo de galinha d’angola e bochecha de porco curada.

Segundo prato

Passado de baroa com ovo perfeito sobre ensopadinho de rabada, fava verde e anel folhado.

Principal

Braseado de cabrito, farofa de biju com castanhas do cerrado, vinagrete de banana e folhas da horta.

Sobremesa

Semifreddo de leite da roça, espuma de café e tuille de mel com castanha de baru + Licor de chocolate meio amargo com cachaça Jacuba (Coronel Xavier Chaves) e perfume de baunilha do cerrado.

Informações e reservas: (32) 3355-1955.

Endereço: Rua Padre Toledo, 346.

Adepta de uma estilo gastronômico que mescla referências italianas e mineiras, a chef Juliana Ferreira chegou a se formar em Letras e até dar aula, mas o amor e o prazer que sente ao cozinhar a levou a fazer um curso de gastronomia com duração de 8 meses, em período integral.

Terminado o curso foi para a praia cozinhar e viver mais tranquilamente, mas logo que conheceu a Itália, se apaixonou e morou durante seis anos, tempo em que também fez cursos e diversas especializações. De volta ao Brasil, foi em Tiradentes que encontrou o ritmo de vida que estava acostumada e abriu o Gourmeco Ristorante. Lá é possível encontrar um menu com massas, risotos e outros pratos italianos, além de vinhos, em casa rústica e aconchegante no centro histórico.

Com mais de 50 anos de carreira, o chef Ivo Farias é referência na gastronomia mineira. Começou cedo na cozinha, com apenas 14 entrou para o curso técnico de cozinha do Senac, onde posteriormente assumiu os cargos de professor assistente no Senac e mais tarde de Instrutor Chefe.

Logo em seguida, Ivo assumiu a administração do restaurante francês Bar e Café São Jorge, considerado um dos melhores de Belo Horizonte nos anos 70. Também chefiou cozinhas industriais e foi responsável pela montagem e administração de vários estabelecimentos, além de supervisionar o trabalho de outros chefs.

Esteve à frente do extinto Vecchio Sogno, e em 2013 abriu o restaurante e pizzaria La Palma, na região da Pampulha. Toda essa trajetória proporcionou ao chef Ivo Faria diversos prêmios e participação em Festivais nacionais e internacionais.