Márcio Luiz 7 Cordas 

Márcio Luiz 7 Cordas 

Terça-Feira – 21/09/2021 às 18h no youtube.com/farturabrasil

Marcio Luiz 7 cordas toca o violão e estuda música desde seus 12 anos de idade. Em 2009, formou-se em violão erudito pelo Conservatório Estadual Padre José Maria Xavier de São João del Rei-MG. No mesmo ano fundou grupo de Choro Chora Genésio.

Em 2013, formou-se em violão popular pela Universidade Livre de Música Popular Bituca, onde teve aulas com Gilvan
de Oliveira, Felipe Moreira e Ian Guest. Também em 2013, foi vencedor do prêmio Jovens Instrumentistas BDMG, o qual lhe rendeu um concerto em parceria com grandes nomes do violão mineiro como Tabajara Belo e Juarez Moreira. Pela mesma premiação, fez 30h/aula com Tabajara.

Em 2015, gravou seu primeiro disco com o Chora Genésio, intitulado Moderno Antiquário. Esse disco foi lançado no I Festival de Choro de Santos-SP e no Clube do Choro de Brasília-DF.

Em 2016, fez sua primeira turnê europeia para divulgar o disco recém-lançado. Nesta oportunidade, fez concertos em três países europeus: França, Bélgica e Holanda. Neste mesmoano, gravou em Paris-FR seu segundo disco com o Chora Genésio, o Bom Soar. Esse disco foi lançado, em 2017, no XIII Festival Internacional de Choro de Paris. Neste contexto realizou sua segunda turnê europeia. Na passagem pela Holanda, foi aprovado pelo mestrado em violão latino pela escola Codarts na cidade Roterdam-NL.

Ainda em 2017, participou de dois concertos com Ian Guest: o primeiro no teatro Yves Alves em Tiradentes-MG e o segundo pela décima edição do Duo Jazz Festival também em Tiradentes. Neste mesmo ano, gravou o violão do arranjo de Ian Guest para Ainda me Recordo de Pixinguinha para o projeto Mono do estúdio analógico Banker Analog.

Marcio Luiz 7 cordas já ministrou dezenas de oficinas de violão e arranjo, com destaques para aquelas realizadas em Toulouse-FR, Paris-FR e Santos-SP, todas realizadas à convite dos respectivos clubes do Choro. Mais recentemente, a convite de Ian Guest, gravou o disco “Aventura de lápis e borracha” no qual todas as composições e arranjo são de autoria do próprio Ian. Os áudios desse disco integraram a trilha sonora do documentário “O imperfeccionista” dirigido por Marcello Baia Nicolato e que será lançado em 2019.

Ainda no ano de 2018, Marcio fez a direção musical do disco “Roda dos Orixás” do grupo sanjoanense Cifras no Varal. O disco sairá também em 2019 e conta com uma participação sua na gravação de uma das músicas como músico interprete e arranjador. Em 2019, ingressou no Programa de Pós- Graduação em Música da Universidade Federal de São João Del Rei. Sua pesquisa de Mestrado culminou em seu primeiro concerto solo intitulado “Arranjos e Composições” que é uma coletânea de peças que o violonista foi juntando ao longo de vinte com o violão. Em 2021, estreou seu concerto no Festival Vista Minas Edição São João Del Rei, o qual foi transmitido ao vivo pelo YouTube.