ir para farturabrasil.com.br

Garanta seu lugar no
festival de gastronomia
que reúne

CHEFS E PRODUTORES
DE TODOS OS ESTADOS
DO BRASIL.

Fique por dentro dos lançamentos, eventos e promoções. Inscreva-se na nossa newsletter.


Blog

5 razões para comprar alimentos de produtores locais


voltar

Levar à mesa produtos feitos com todo o cuidado e sem fertilizantes químicos é proporcionar saúde para toda a família. Mas não só. É um agrado ao paladar, já que estes ingredientes costumam ter um sabor mais intenso, e ao planeta, que agradece pela iniciativa sustentável.

Ainda assim,  há algumas dúvidas sobre o assunto que afugentam muita gente na hora da compra. Elaboramos um miniguia com mitos, verdades e meias-verdades para você saber o que estará levando para casa quando optar por esses produtos.

Eles são mais gostosos – VERDADEIRO

Em uma produção convencional, os nutrientes são colocados no pé da planta. Na produção de orgânicos, eles estão distribuídos no solo. “O esforço que as plantas precisam fazer para ir atrás deles faz com que o alimento seja forte e rico”, explica o geógrafo Arpad Spalding, que trabalha com a capacitação de agricultores para o cultivo de orgânicos na região de Parelheiros, em São Paulo. O crescimento da planta também é mais lento, mais natural. Tudo isso se reflete no sabor.

Eles são mais saudáveis – VERDADEIRO

“Pense na diferença entre comer uma banana que amadureceu no caminhão e uma banana que atingiu a maturidade no solo”, diz a nutricionista Talita Capoani, que tem como um dos focos de estudo a importância da alimentação saudável para eliminar dores no corpo. “Produtos sem agrotóxico protegem o organismo contra processos de inflamação e oxidação. Evitam, assim, o surgimento de muitas doenças.”

Eles são mais caros – DEPENDE

Em alguns supermercados os produtos feitos em pequena escala são considerados de luxo. Mas dá para comprar diretamente do produtor, nas feiras de orgânicos. Por ali, os preços ficam próximos – ou até iguais – ao dos produtos convencionais. Há ainda os empórios que vendem a preço de custo. É o caso do Instituto Chão, em São Paulo, que repassa o valor integral ao agricultor e sugere uma contribuição para manter o projeto.

Eles duram menos – FALSO

Lembra que no cultivo sem agrotóxicos a planta teve de se esforçar para buscar energia longe? “Com um sistema de raízes bem desenvolvido, ela tem mais resistência, vitalidade e força”, diz  Spalding. “Portanto, mais durabilidade.”

Eles precisam ter o selo de orgânico  – NÃO NECESSARIAMENTE

Conseguir a certificação é algo demorado e exige documentos que muitos pequenos agricultores não têm. Então, converse com o vendedor para saber sobre a procedência dos ingredientes, bata um papo com o produtor na feira de orgânicos ou vá a encontros  gastronômicos que dão destaque à agricultura familiar. Caso do Fartura. O evento é resultado de expedições pelo Brasil inteiro que mapeiam ingredientes, receitas e histórias. Ao longo do ano, o Fartura acontece em várias cidades reunindo produtores e cozinheiros. Revelando tradições e tendências.

Este texto foi produzido pela equipe do Homepedia, site de conteúdo da Electrolux, com redação de Priscila Pastre: Por nove anos, Priscila viajou para comer para a Folha de São Paulo. Primeiro no caderno Turismo. Depois, no Comida. Por outros três anos, seguiu conhecendo o mundo e seus sabores como editora da revista da LATAM, produzida pela New Content. Foi jurada do 50 Best, que elege os melhores restaurantes do mundo.